Decorreu de 4 a 12 de Abril nas instalações da ADCS mais um intercâmbio associativo no âmbito da mobilidade jovem para a Europa ERASMUS +. Participaram 24 jovens vindos da Grécia, Espanha, Itália e Portugal.

Atendendo aos objetivos inicialmente previstos, nomeadamente a troca de experiências no desenvolvimento destes programas, a participação ativa e conjunta de todos os jovens na preparação das atividades e desenvolvimento das mesmas, a interação diária, a descoberta da região, a elaboração de candidatura, entre outros, sentimos o dever cumprido.

Houve visitas ao património local e nacional, designadamente à cidade da Guarda, Celorico da Beira, Trancoso, Pinhel, Almeida, Castelo Mendo, Castelo Bom, Vilar Formoso, o Douro Transfronteiriço, a Associação Transumância Faia Brava, Porto, entre outras.

Culturalmente houve uma troca de experiências muito grande, nomeadamente nas noites dedicadas a cada país, através das amostras culinárias, divulgação do património, experiências vividas noutros projetos.

Houve uma colaboração forte das Entidades Locais, nomeadamente das Câmaras Municipais e Associações locais. Salientamos a colaboração da Câmara Municipal de Almeida que, em boa hora e muito bem, decidiu ser parceira no projeto, o que agradecemos.

Das reuniões/debates durante o programa saiu em conclusão um texto, que assinado por todos, vai ser entregue à Agência Nacional no sentido de valorizar mais candidaturas do interior do país. Saíram também novos métodos de abordagem das mesmas, com criatividade acrescida e também valorizar uma participação Intergeracional mais ativa.

Contatos permanentes entre as Instituições nos diversos países com a criação de uma rede entre Associações em toda a Europa, com troca de ideias e iniciativas, tendo assim um leque de Associações para parceirismos futuros , para novas experiências e projetos.

Tivemos ainda a oportunidade de animar um programa na Rádio Fronteira com 2 jovens de cada nacionalidade, muito participativa e ativa.

A todos os que se juntaram a nós e colaboraram das diversas formas, agradecemos e desafiamos para novos projetos, particularmente os nossos jovens a participarem ativamente nas mesmas.

Sentimo-nos com dever cumprido e de coração cheio.